Versículo do Dia

sexta-feira, 9 de março de 2012

Quando Deus escolhe alguém...: Missionário da senama

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

A Igreja e o Carnaval

Traçando o perfil do século XXI, não é possível isentar a igreja evangélica deste momento histórico. Então, qual deve ser a posição do cristão diante do carnaval? Devemos sair de cena para um retiro espiritual, conforme o costume de muitas igrejas, a fim de não sermos participantes com eles (Ef.5.7)? Devemos, por outro lado, ficar aqui e aproveitarmos a oportunidade para a evangelização? Ou isso não vale a pena porque, especialmente neste período, o deus deste século lhes cegou o entendimento (2 Co.4.4) ?
Creio que a resposta cabe a cada um. Mas, por outro lado, a personalidade da igreja nasce de princípios estreitamente ligados ao seu propósito: fazer conhecido ao mundo um Deus que, dentre muitos atributos, é Santo.
Há quem justifique como estratégia evangelística a participação efetiva na festa do carnaval, desfilando com carros alegóricos e blocos evangélicos, o que não deixa de ser uma tremenda associação com a profanação. Pergunta-se, então: será que deveríamos freqüentar boates gays, sessões espíritas e casas de massagem, a fim de conhecer melhor a ação do diabo e investir contra elas? Ou deveríamos traçar estratégias melhores de evangelismo?
No carnaval de hoje, são poucas as diferenças das festas que o originaram, continuamos vendo imoralidade, música lasciva, promiscuidade sexual e bebedeiras.
O principal fato de toda essa polemica é que, ficando para pregar ou saindo em retiro, que o foco do cristão seja somente um: DEUS


Ev. Josimar

domingo, 5 de fevereiro de 2012




Muita gente diz ter "", exercer fé, viver a fé e da fé. Digo e acredito que não mentem. Não mentem mesmo! Porque vivem a sua própria consciência de fé, o seu estilo de fé, a fé herdada da religião que adotou. Ora, quem ousará dizer que isso não é fé? É fé sim! e das fortes, das cegas; como dizem: das brabas.Por isso, não critico a fé alheia; até já dizem por aí que "fé não se discute". Não quero discutir acerca dela mas somente falar um pouco. Falar pouco mesmo, pois Jesus é quem poderia falar muito sobre ela não falou, como eu ousaria falar?!Jesus virava para as pessoas que iam ao seu encontro e dizia: "a tua fé te salvou", ou lhes permitiu receber a benesse que buscavam. Aos discípulos ele dizia que eram homens de "pequena fé". A todos ele diz que quem crê nele "recebe a vida".Ora, a fé elogiada, que salva, é a FÉ que crê, mas também é fé que: espera, obedece, se lança, se entrega, vai ao encontro do elemento gerador da fé. Fé que só crê é "FÉ" pirata, fé menina (o), criança, retardada, aleijada, conversada, essa o Diabo também tem. Ele é membro vitalício da religião desse tipo de fé, e deve ser o líder mor, pois é o membro mais antigo.Não dá pra falar muito de fé porque fé se vive, pratica, exercita, é segunda pele. É inegociável, inegável, inabalável, individual, perseverante, persistente.Fique com a fé que você quiser ficar, que escolheu entre as muitas que existem no mercado: a mística, a farisaica, a tradicional, a pentecostal, a liberal, a coluna do meio, a em tudo, a em parte, a em nada, em Deus, em Alá, Maomé, Joseph Smith, Buda, Inri, no Diabo, no dinheiro, na fama, no poder, nos santos, na igreja, no Papa, no rosário, no Alcorão, no Livro dos Espíritos, na Torre de Vigia, no sábado, na reza, no passe, na reencarnação, na astrologia, numerologia, búzios, tarôt, mãe/pai de santo e etc..., e vamos aguardar o que Jesus vai dizer.Ele não é de muita filosofia, conversa, apenas vai dizer: (1) a tua fé te salvou ou (2) homens (mulheres) de pequena fé. Se ela te salvou é porque você escolheu a fé de Jesus, de Deus, que a ele agrada, corresponde, que para ele serve; se ela é pequena é porque você escolheu a sua fé, a que no mercado mais te agradou, a do seu tamanho, a segundo a sua vontade, os seus caprichos, suas vaidades a que pra você é a certa. Tudo certo, sua vontade foi satisfeita! Não aceitamos devolução!
Autor:
Pr. Ederson Navarro

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Missionários em Campo oremos

Pastor Jamildão & Thaís Vilas Boas


Hoje em Teixeira de Freitas-BA,
... “Fazendo a vontade do Pai, que esta no céu.” Mt 7:21

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Continue orando pelos amados ...



Reverendo Ricardo Bibiano e sua esposa Norma


Atuando nas lPB no ALto Vera Cruz e 1ªIPB em Sabará.
O casal tem três lindos filhos: Tatiana (14); João Pedro (10) e Kendelly (04).



Como pastor, o seu ideal tem sido levar a igreja a entender o seu papel na sociedade, envolvendo-se ao ponto de influenciare nunca ser influenciada. Trabalha também no sentido de que a fé jamais seja removida, mesmo em meio aos mais terríveis sofrimentos.

Oremos por esses amados


“Todas as coisas cooperam para o bem

daqueles que amam a Deus.” Rm 8:28

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

“O coração do sábio adquire conhecimento,e o ouvido do sábio procura o saber” Provérbios 18:15


O que de fato pode ser considerado sabedoria em um mundo onde o que impera é o relativismo e a quebra dos parâmetros de moral e bons costumes ?
Seria a sabedoria humana o acúmulo de todo o “entulho cientifico possível ? ou mesmo a obediência cega a regras ascéticas promovidas pelas muitas religiões ?
Alguns jovens me abordaram e fizeram uma pergunta muito fácil porém muito complicada se considerarmos as diversas óticas sobre o assunto, a pergunta era:

“ professor , o que é conhecimento ?”
parei por alguns minutos e extrai de dentro da minha cabeça todo o tipo de conceito que nas últimas décadas fui acumulando e que poderia servir para definir “esse tal conhecimento”, me surpreendi quantas palavras bonitas pude articular, quanta ilustração acerca das diversas vertentes do conhecimento, conhecimento enlatado, conhecimento perecível, conhecimento fast food, conhecimento pathwork, enfim todo tipo de conhecimento que poderia caber no meu limitado registro de consciência.
Lembrei-me que tudo tem uma fonte, uma origem, também lembrei que todo conhecimento para ser vantajoso precisa estar de braços dados com a sabedoria, ai veio a tona um outro provérbio de Salomão:
“O principio da sabedoria é temer a Deus, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino” ( Pv.1:7)
Ai estava a chave que eu precisava pra definir o conhecimento, tudo depende principio que utilizo como parâmetro para construí-lo, um principio fundamental que a bíblia revela e que posso definir com as minhas palavras é que sem temer a Deus não existe sabedoria, muitos tolos tentam rejeitar a atuação do todo poderoso na formação do conhecimento porém,
“o homem nada pode receber a menos que do céu lhe seja dado”( João 3:27) essa feliz declaração de João batista me fez compreender porque a tamanha dificuldade das pessoas em definir o que é conhecimento, o problema é que todo conhecimento que adquirimos é parcial pelo fato de desprezarmos a sabedoria e o ensino de Deus achando que somos capazes de realizar algo de maneira independente e que permaneça.
A bíblia cita um sujeito cheio de conhecimento religioso porem dotado de pouca sabedoria, cujo nome era Nicodemus, incomodado por suas questões ele foi ter com Jesus e nas palavras do mestre ele recebeu a formula maior para quem deseja adquirir sabedoria e deixar de uma vez por todas a tolice que faz com que desprezemos o ensino de Deus, a resposta que penetrou fundo o coração daquele mestre da lei também serve para cada um de nós que desejarmos ser sábios no padrão de Deus, a resposta foi :
“Não se admire se eu te disser : você precisa nascer de novo” ( João 3:7)
É necessário nascer em Cristo para que possamos experimentar a sabedoria e o conhecimento que são dons dados por Deus aos homes e que servem para firmar a nossa trajetória na direção da vida eterna.
A sabedoria e o conhecimento estão na
PALAVRA DE DEUS
SOLA SCRIPTURA


Pastor
Jamildo
Vilas
Boas

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

CONHECENDO A DEUS






O apóstolo Paulo em suas epístolas, ao orar pelos crentes, nos ajuda a compreender como devemos orar uns pelos outros e muito mais, o quanto precisamos conhecer a Deus. Quando nos deparamos com sua oração em favor dos colossenses (1:9-12) ele pede a Deus, que aqueles irmãos transbordassem “de pleno conhecimento da sua vontade, em toda sabedoria e entendimento espiritual”.
Na carta aos Filipenses, o apóstolo declara que estava disposto a renunciar tudo, a abandonar qualquer coisa que pudesse interferir na “sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus” (Fp 3:8). É através deste conhecimento que a imagem de Cristo, seu caráter, vai sendo infundido e formado na vida do cristão, e este passa a desfrutar de intimidade com o Senhor. O entendimento, o conhecimento mais profundo de Deus, é gerado em nós, pelo Espírito Santo que em nós habita, e nos faz ter fome e sede das coisas espirituais. Não passaremos um dia sequer, sem orar, sem meditar na Palavra, sem buscar a genuína intimidade com Cristo. Como resultado desse conhecimento e entendimento espiritual, o crente passará a viver de maneira digna do Senhor, “para o seu inteiro agrado” (vs 10). Portanto, nosso alvo maior, deve ser agradar a Deus como o Senhor Jesus, que não agradava a si próprio, mas se deleitava em fazer a vontade do Pai.
Que esse caminhar transformado pelo conhecimento de Deus e do Espírito, nos faça transbordar da sua plenitude, vivamos em santidade de vida influenciando os que estão ao nosso redor, exalando a todos o bom perfume de Cristo. Que a oração de Paulo seja também a nossa: “abre Senhor, o nosso entendimento espiritual”. Assim oremos em favor da vida uns dos outros e da Igreja de Cristo, para que sejamos plenos em nosso testemunho amando, perdoando e vivendo o Evangelho, de maneira que outros sejam despertados a conhecer a Deus por nosso intermédio.
EV. JOSIMAR

Ministério

Ministério
Evangelismo dinâmico com sem teto numa comunicade de nome: Pauzueira um trabalho delicioso na presença de Deus...

Evolução x Criação

Evolução x Criação
Simpósio da APETEF com Prof. Adauto Lourenço...muito bom